Muitos clientes chegam ao salão sedentos por mudanças no visual, não é mesmo? Porém com alguns procedimentos, precisamos tomar certas precauções. Então, é bom dar uma seguradinha na ansiedade e seguir os passos corretos para evitar problemas.

No artigo de hoje vamos falar mais sobre esse tema, vamos lá?

Segurança, credibilidade e bons resultados!

Com relação a procedimentos químicos como mudança de cor, descoloração e alisamentos, todo cuidado é pouco. O teste de mecha existe justamente para evitar maiores problemas, como o corte químico, garantindo segurança para profissional e cliente.

Ser um profissional capacitado e comprometido envolve diversas etapas. Nem sempre o que desejo do cliente é a melhor saída para ele, e é aí que entra a experiência profissional. Para alcançar bons resultados e satisfazer os anseios dos clientes, é necessário seguir alguns passos previamente, o teste de mecha é um excelente aliado nesse sentido.


Saiba mais:


Porque fazer o teste de mecha?

Esse teste é feito no cabelo alguns dias antes do procedimento químico e tem como objetivo ver como os fios reagem aos produtos. Pode parecer desnecessário, mas o teste de mecha, além de rápido e prático, pode SALVAR o cabelo e a saúde de perdas graves.

Muitos cabelos não têm a resistência necessária para aguentar certos procedimentos, através do teste podemos antever os prejuízos e procurar saídas.

Além da resistência do fio, esse teste também detecta reações alérgicas, por isso é tão importante que seja executado, pois ele evita danos aos cabelos e também à saúde do cliente.

Vantagens

Além de descobrir se os fios aguentam o procedimento e se o cliente apresentou reação alérgica, esse teste consegue dar uma ideia do tempo que levará para o procedimento fazer efeito e ser concluído. E vamos combinar, essa é uma super vantagem, né? Dessa forma, tanto o cliente quando o profissional conseguem organizar ainda mais a agenda! Além do mais, o profissional poderá mostrar o resultado final ao cliente, o que é perfeito para evitar frustrações.

Como aplicar o Teste de Mecha

É um procedimento super simples!

Basta aplicar o produto em uma mecha interna, que esteja escondidinha, ir seguindo as instruções de uso e ficar monitorando. É muito importante escolher uma mecha mais “oculta”, pois caso dê um resultado adverso, você pode cortá-la, total ou parcialmente. É importante que ele seja feito alguns dias antes do procedimento final.


Confira a vídeo aula online:


Procurando saídas.

O fio não respondeu positivamente ao teste? Use a experiência a seu favor! Analise cada caso e veja o que pode ser feito. Em algumas situações, investir em hidratação pode ser uma ótima saída. Depois de um tempo a cliente pode retornar com os fios mais resistentes, refazer o teste e realizar o procedimento. Mas lembre-se que cada caso é um caso!

E aí, curtiu a dica de hoje? Conta pra gente: você costuma realizar o teste de mecha? Tem alguma situação interessante sobre esse tema? Já se salvou você de algum resultado ruim? Compartilhe suas experiências com a gente!

Até a próxima!