Todo arrepiado! Você já se estressou com o frizz no cabelo que insiste em aparecer justo na hora de sair ou na finalização de um penteado?  Sabemos o quanto pode ser difícil lidar com isso. Por isso, separamos algumas dicas para que possa compreender o que causa o frizz e saber como evitá-lo.
Fios que tendem a ter dificuldade para manter a hidratação configuram um tipo de cabelo ressecado e consequentemente cheio de frizz. Uma ótima dica para driblar esses problemas é diminuir a temperatura do chuveiro durante o enxágue. Mesmo em dias muito frios, evite expor o cabelo em água extremamente quente para não ressecar.
É importante citarmos também a questão genética na origem do frizz, o que pode influenciar na existência de cabelos secos. Nesse contexto, temos como exemplo os fios cacheados que podem ser naturalmente secos, o que requer cuidados redobrados.
Outro fator que colabora no aparecimento do frizz é a “falta de carinho” na hora de pentear, escovar e, até mesmo, manipular o cabelo. A força de tração acaba prejudicando-o e criando atrito, eriçando os fios.  Aqui vale lembrar de começar a desembaraçar de baixo para cima.
Você pode estar pensando, “minha cliente toma todos esses cuidados, hidrata bem o cabelo, aí basta sair na rua e pronto, ele se arma!”.  Saiba que a questão climática também afeta os fios. Infelizmente, muita exposição à umidade, ao vento e ao frio vão causar incômodo e frizz.
Usar os produtos corretos, no momento certo, sob a responsabilidade de profissionais de confiança fazem toda a diferença. Pensando nisso, lançamos o ReduzFrizz: especial para cabelos secos, volumosos e finos com dificuldade de duração de escova, com frizz.