Quando os primeiros brancos começam a aparecer muitos clientes ficam chateados e em busca de alternativas para disfarçá-los e ajudar a manter a aparência sempre jovem. Existem algumas opções para resolver esse problema, mas qual será a melhor delas? Vários fatores podem interferir nessa questão.

Neste artigo vamos falar mais sobre o assunto! Vamos lá?

Como escolher uma solução para os primeiros brancos?

Antes de pintar os fios ou buscar outros métodos para disfarçar os brancos é necessário levar em consideração algumas características do cliente, como:

  • Quantidade de fios brancos;
  • Cor natural dos cabelos;
  • Desejo do cliente.

Vamos falar um pouco mais sobre cada uma delas.

Quantidade de fios brancos

  • Poucos brancos: quem tem apenas um branquinho ou outro, mas se incomoda com isso, pode usar recursos cosméticos mais simples, como maquiagem própria para cabelos ou sprays de cor. Não há necessidade de lançar mão de químicas, vale mais a pena preservar a saúde da fibra capilar.
  • Até 30% de brancos: quando o volume de cabelos brancos começa a aumentar torna-se mais difícil maquiá-los. É o momento de começar a considerar a aplicação de um tonalizante. Essa é uma opção mais discreta e que pode ser feita parcialmente, só nos locais onde os branquinhos aparecem mais. Além disso, é menos agressiva do que uma coloração permanente.

Saiba mais: 


  • Até 50% de brancos: quando cerca de metade dos fios já estão brancos é hora de considerar a aplicação da tinta. Nesse ponto o tonalizante ainda pode ser utilizado, mas deixará mais transparência nos cabelos, ou seja, talvez os brancos continuem a aparecer. A coloração garantirá melhor cobertura.
  • Mais de 70% brancos: para quem já apresenta mais de metade dos fios brancos, a coloração permanente é a opção mais acertada, para que os fios fiquem bem cobertos e uniformes. É necessária precisão na escolha do tom, além de ser importante lembrar ao cliente que os retoques deverão ser regulares.

Cor natural dos cabelos

  • Morenos e ruivos: os brancos no meio dos cabelos castanhos ou ruivos apresentam alto contraste, por isso os fios aparecem mais. Nesses casos, o tonalizante ou a coloração são os mais indicados para disfarçá-los.
  • Loiros: os cabelos loiros ou aqueles clientes que apresentam fios castanhos mais claros têm cabelos que contrastam menos com os brancos. Nesses casos, as mechas podem ser uma opção bem interessante. Os fios mais claros irão se misturar aos brancos fazendo com que eles fiquem ainda mais discretos.

Desejo do cliente

Em muitos casos em que o cliente quer cobrir os brancos, o que ele deseja é apenas manter a cor natural. Essa é uma boa oportunidade para quem deseja fazer uma transformação de cor, principalmente para aqueles que sonham com as cores mais claras. Momento perfeito para oferecer mechas e criar um loiro bem bonito!

Arrancar os primeiro brancos: faz mal? Resolve?

Vemos muitos clientes por aí arrancando os primeiros brancos pela raiz, mas será que essa é uma boa escolha? É comum ouvir que, quando um cabelo branco é arrancado surgem outros dois no lugar, isso não é verdade, mas também não é vantagem alguma. No lugar do fio arrancado não surgirá um novo com a cor natural do cabelo, outro branco irá substituí-lo, portanto o ideal é optar por alguma das formas de coloração que indicamos.


Confira também:


Em qualquer dos casos, ao colorir os primeiros brancos, seja através de colorações, tonalizantes ou mechas, é necessário utilizar produtos de alta qualidade e tomar um cuidado reforçado com tratamentos. Afinal, todos esses são processos químicos que podem fragilizar a fibra capilar.

O ideal é usar produtos de coloração que preservem a saúde dos fios e cubram perfeitamente os primeiros brancos, além de produtos que ajudam a manter a cor sempre bonita e nutrem e regeneram a fibra capilar. Garanta que seus clientes tenham os mais bonitos cabelos coloridos!