O serviço de mechas é um dos mais procurados nos melhores salões de beleza. Esse é definitivamente um dos trabalhos que traz mais destaque e reconhecimento para os coloristas.

Se você quer estar entre eles é muito importante executar mechas com perfeição, além de saber criar diferentes efeitos.

Neste artigo vamos conversar um pouco sobre os diversos resultados que podem ser conquistados dependendo da técnica de mechas escolhida: costuradas ou desfiadas? Descubra quais são as vantagens de cada uma delas e quando usá-las de acordo com o desejo do cliente.

Mechas costuradas

Como são?

Clássicas! As mechas costuradas são as mais tradicionais e devem ser utilizadas para fazer o efeito de luzes, reflexos ou babylights. Elas também são a opção indicada quando se pretende fazer mechas invertidas.

Como fazer?

Divida os cabelos em quatro ou cinco quadrantes. Separe madeixas finas, a começar pela nuca. Com o auxílio de um pente de cabo de metal selecione os fios que irão receber o descolorante. Movimente o pente fazendo um movimento de costura, pois assim você irá alternar pequenos grupos de fios e aplicará produto apenas nos grupos selecionados.

Prós e contras

Uma das maiores vantagens das mechas costuradas é que elas podem começar bem próximas da raiz, perfeitas para as pessoas que adoram um loiro mais marcante, e também para disfarçar fios brancos.

Uma desvantagem dessa técnica é que, em muitos casos, as mechas podem fazer o efeito de linhas verticais pelos cabelos. É um visual mais marcado, que pode desagradar alguns clientes.

Mechas desfiadas

Como são?

As mechas desfiadas são as mais usadas por aquelas pessoas que procuram um visual mais natural e que não precise de tantos retoques, pois começam na raiz dos cabelos e se misturam com suavidade entre os cabelos naturais. São as mais indicadas para fazer a raiz esfumada ou o ombrè hair.

Como fazer?

Divida os cabelos em quatro ou cinco quadrantes. Separe madeixas finas, a começar pela nuca. Deslize um pente de dentes estreitos e finos sobre os fios, começando pelas pontas e indo até a raiz do cabelo. Com isso, alguns fios serão empilhados mais próximos do couro cabeludo. Separe-os dos demais e aplique o descolorante nos fios restantes.

Prós e contras

Uma grande vantagem das mechas desfiadas é que o efeito iluminado nos fios fica mais natural e, além disso, o cliente não ficará com a raiz marcada à medida que os cabelos forem crescendo.

Em contrapartida, uma desvantagem é a dificuldade na hora de remover o produto dos cabelos e desembaraçar os fios. É necessário muito cuidado para que não seja um processo doloroso para o cliente.

Pode misturar?

Sim! É possível fazer mechas costuradas e desfiadas em um mesmo cabelo, tudo depende do efeito desejado pelo cliente. É importante que o cabeleireiro consiga ter uma boa previsibilidade do resultado que vai atingir. Por isso, deve conhecer bem as duas técnicas e saber o efeito que cada uma delas proporciona. Seja criativo ao propor um serviço de mechas para seus clientes e crie visuais únicos e personalizados.

Além de dominar bem essas técnicas, é fundamental utilizar bons produtos para fazer mechas perfeitas. O ideal é escolher um descolorante com alto poder de clareamento, mas que ainda assim preserve a saúde da fibra capilar.

Agora você já sabe quando e como fazer as mechas desfiadas ou costuradas. Converse com o cliente para entender qual resultado ele deseja e use fotos de referência para se certificar de que vocês estão bem alinhados e que ele ficará satisfeito.