O retoque de raiz é um dos serviços realizados com mais frequência nos salões de beleza em todo o Brasil, afinal se o cliente quiser estar sempre com a cor dos cabelos em dia,  ele precisa ir até o salão com regularidade e em intervalos curtos de tempo. Portanto, esse trabalho pode ser bastante lucrativo e é excelente para fidelizar e conquistar seus clientes.

Para garantir que o seu cliente te procure todos os meses é necessário que o retoque de raiz seja muito bem feito e que não haja erros. Para te ajudar nisso, preparamos esse artigo com dicas especiais para um retoque perfeito! Vamos começar?

Retoque de raiz de brancos

A maioria dos clientes que faz retoques de raiz com periodicidade deseja esconder os fios brancos que começam a surgir com o tempo. Há uma regra muito importante na colorimetria que deve ser observada:

Para que os brancos sejam cobertos deve ser aplicada uma coloração fundamental ou natural.

As cores fundamentais são aquelas que não apresentam reflexos de outras nuances e podem ser identificadas pela numeração: o número da altura de tom seguido apenas pelo número 0 após a vírgula (1.0, 2.0, 3.0, 4.0, 5.0, 6.0, 7.0, 8.0, 9.0, 10.0). Caso queira adicionar um reflexo aos cabelos você pode misturar à cor natural a coloração com a nuance desejada pelo cliente.

Essa regra deverá ser aplicada de diferentes formas dependendo da quantidade de brancos que o cliente possui:

  • Cliente tem até 30% dos cabelos brancos: aplique a coloração que desejar. Não há necessidade de usar cor fundamental.
  • Cliente tem mais de 30% dos cabelos brancos: a cor fundamental precisa estar presente na mistura de cores na proporção de, pelo menos, 50%.

O oxidante indicado para a cobertura de brancos é o de 20 volumes.

Na hora da aplicação, é necessário que você se dedique e preste bastante atenção para que nenhum fio fique sem produto. Capriche principalmente na região da testa e nas têmporas do cliente, que são as áreas que causam mais incômodo.

Retoque de raiz de cabelos coloridos

Os clientes com cabelos coloridos também precisam fazer o retoque de raiz frequentemente, principalmente aqueles que usam tons de loiros e ruivos artificiais. Para eles, alguns cuidados especiais precisam ser tomados:

  • Diferentes marcas de colorações podem apresentar pigmentos diferentes, inclusive nas cores com as mesmas numerações. Usar duas marcas diferentes no retoque de raiz pode fazer com que a cor não fique uniforme. Por isso, é importante ter fidelidade a uma marca. As colorações da Bellkey são as indicadas.
  • O oxidante a ser usado pode variar em cada caso. É necessário verificar a altura de tom da raiz, a altura de tom do comprimento e identificar quantos tons devem ser clareados. De forma geral, você pode usar a seguinte regra:
  • Clarear até dois tons: oxidante de 20 volumes
  • Clarear até três tons: oxidante de 30 volumes
  • Clarear até quatro tons: oxidante de 40 volumes

Comprimento dos cabelos

Muitas vezes, quando o cliente deseja fazer o retoque de raiz, o comprimento dos cabelos já está desbotado. Caso seja um desbotamento intenso, pode ser que seja necessário aplicar a coloração em todo o cabelo. Isso deve ser avaliado por você e pelo cliente.

Mas, caso seja necessária apenas uma manutenção, há uma boa dica que ajuda a deixar a cor do comprimento mais viva!

Ao terminar de aplicar a coloração nas raízes, verifique se restou  algum produto. Dilua o restante da coloração com um pouco de água morna. Cerca de 10 minutos antes de levar o cliente ao lavatório, aplique essa mistura em todo o comprimento dos fios. Depois, basta enxaguar normalmente no horário previsto.

Com essas dicas, o retoque de raiz não terá erros e os cabelos coloridos de seus clientes ficarão sempre lindos, com a cor uniforme e cheios de vida!