Os cabelos ruivos são queridinhos de muitos clientes, chamam atenção nas ruas e sempre estão estre as tendências mais desejadas. Não é à toa, pois é um tom raro, com muito charme e cheio de personalidade.

Todo bom colorista deve saber como criar um ruivo arrasador e muitos acabam optando pela descoloração para isso. Mas você sabia que é possível chegar ao ruivo sem descolorir?

Sim! Em alguns casos, é possível chegar ao resultado desejado pelo cliente utilizando apenas a coloração. A maior vantagem desse método é a preservação da fibra capilar do cliente, que é menos danificada com o uso de colorações do que com o uso do descolorante. Entretanto, esse método não funciona para qualquer cabelo. Quer descobrir quando é possível chegar ao ruivo sem descolorir e como fazer esse processo? Continue a leitura!

Quando é possível fazer o ruivo sem descolorir?

A resposta a essa pergunta depende de três fatores principais:

  • Presença ou não de pigmentos artificiais nos fios do cliente
  • Tom de ruivo desejado pelo cliente
  • Tom atual dos cabelos do cliente

Vamos te explicar o motivo pelo qual cada um desses tópicos influencia na escolha da coloração.

O primeiro deles, a presença ou não de pigmentos artificiais nos fios do cliente, é o determinante para que se decida pelo uso ou não do descolorante. O motivo é muito simples e é uma das principais regras da colorimetria: coloração não clareia coloração.

Por isso, quando o cliente já tiver os fios tingidos de um tom que seja mais escuro do que o ruivo desejado, será necessário fazer uma descoloração para que os fios fiquem suficientemente claros para receber o ruivo. Em contrapartida, os cabelos naturais geralmente podem chegar ao ruivo sem descolorir.

Na maioria dos casos, colorações profissionais são capazes de clarear os cabelos naturais cerca de dois a três tons. Para avaliar se somente o uso da tinta será capaz de proporcionar ao cliente o ruivo sem descolorir que ele deseja, é necessário avaliar os dois últimos fatores que influenciam na coloração: o tom de ruivo que o cliente deseja e a cor atual dos cabelos.

Verifique qual é a altura de tom da cor desejada pelo cliente e a altura de tom atual dos fios. Quantos tons de diferença existem entre eles? Consulte a tabela abaixo.

Após essa análise, se você identificar que a diferença de tons está dentro da capacidade de clareamento da coloração, será possível chegar ao ruivo sem descolorir!

Na maioria dos casos, tons mais escuros, como vinho, marsala, vermelho e borgonha não vão demandar uma descoloração, pois não precisam de fundo de clareamento muito claro para se revelarem. Já tons como o cobre ou o ruivo natural demandam uma base mais clara. Nesses casos, o uso de oxidante de 40 volumes pode ajudar a clarear os fios mais do que três tons. Tudo dependerá da base natural do cliente, da resistência dos fios e do ruivo que ele deseja. Faça a avaliação criteriosamente.

Existem também casos em que os fios do cliente estão coloridos artificialmente, mas de um tom mais claro do que o ruivo desejado, situação comum entre os loiros. Nesses casos, também é possível conquistar o ruivo sem descolorir, mas talvez seja necessário realizar uma pré-pigmentação.

Como fazer o ruivo sem descolorir?

O procedimento para fazer o ruivo sem descolorir é como uma coloração comum, o grande segredo está nas misturas de tons realizadas pelo colorista. Somente o profissional saberá quais tintas misturar para chegar ao resultado que a cliente deseja, tendo sempre em mente o tom que já está nos fios. É por isso que não existe receita certa para conquistar um ou outro tom de ruivo, cada caso é diferente!

Entretanto, existe um segredo da aplicação de colorações em cabelos naturais em que é necessário ficar atento para conquistar um tom uniforme.

Passo a passo para conquistar um ruivo sem descolorir

  • Comece a aplicar a tinta a partir do comprimento e das pontas do cabelo, preservando a raiz e enluvando bem cada mecha;
  • Deixe a tinta agir por cerca de dois terços do tempo recomendado pelo fabricante;
  • Ao final desse tempo, aplique a coloração nas raízes dos cabelos e deixe agir pelo tempo restante.

Devido à proximidade das raízes com a pele, essa parte dos cabelos tem temperatura mais elevada. Por isso, clareia mais rapidamente do que o restante do comprimento. Se aplicarmos a coloração em todo o cabelo de uma só vez a raiz pode acabar ficando clara demais.

Por fim, para garantir um ruivo perfeito, é fundamental usar produtos de alta qualidade. Uma boa coloração profissional deve entregar alto poder de clareamento, pigmentos vivos e brilhantes, boa durabilidade e ainda manter a saúde dos cabelos preservada. Faça ruivos ainda mais bonitos em seu salão!